Notícias



Busca

Pesquisa personalizada





Usina de Soluções Tecnologia da Informação

 

História da Família Cardoso

 

 

 

CARDOSO/CARDOSA: Sobrenome de origem toponímica. Tirado da honra morgado da mesma designação, em São Martinho de Mouros, foi comprovado fundador da família que o adotou por sobrenome João Pais Cardoso, cavaleiro, contemporâneo de D. Afonso III, natural do Mosteiro de Mancelos.

Rudolfo, rei da Hungria, posteriormente imperador concedeu em 1573 a Pêro Cardoso, em recompensa dos seus muitos e continuados serviços, armas novas, que o rei Filipe II de Espanha (I de Portugal) lhe confirmou em 1580.

 

Brasão da Família Cardoso (Armas Originais)

 

Armas: De vermelho, um cardo de verde, florido de duas peças de prata, arrancado de ouro e sustido por dois leões afrontados de ouro. Timbre: uma cabeça de leão de ouro, com um cardo de verde na boca.

 

Outro modelo de brasão da Família Cardoso (Armas de Pêro Cardoso)

 

Concedidos pelo imperador Rudolfo a Pero Cardoso: de azul, um dragão de ouro picado de verde e um grifo também de ouro, batalhantes.Timbre: o grifo do escudo, com a cabeça do dragão nas garras.

Este sobrenome já existia no ano de 1170, mas a sequência de gerações é conhecida somente a partir de Dom Hermigo Cardoso, que vivia em Lamego nos tempos do rei Dom Afonso III. Esta família possuiu a Quinta do Cardoso, em São Martinho de Mouros, por mercê de Dom Fernando. Foram senhores da honra de Cardoso e eram naturais do mosteiro de Mancelos. O primeiro brasão (superior, campo vermelho) é o mais antigo da linhagem, concedido, segundo consta, no ano de 1261. De acordo com o Visconde de Sanches de Baena, encontra-se registrado no livro da Torre do Tombo, à folha 31. Pêro Cardoso recebeu em 1573, pelos seus serviços ao Rei Rodolfo da Hungria, o segundo brasão de armas (inferior, campo azul). Estas armas foram confirmadas em Portugal por Filipe I, no ano de 1580.

 

Ancestrais da Família Clemente de Souza:

 

Maria Cardosa: Irmã de João Rodrigues Cardoso, proprietário de terras no lugar dos Montes na Pelariga (Pombal) no final do século XIX. Seus pais eram João Rodrigues (nascido em 1820 em Venda da Cruz - Pelariga) e Emilia Maria (nascida em 1822 na Pelariga). Os pais de Emilia Maria foram Manuel Cardoso (nascido em 1795 em Meires - Pelariga) e Ignacia Maria (nascida em 1797 em Salgueiro - Pelariga).

 

Voltar