Notícias



Busca

Pesquisa personalizada





Usina de Soluções Tecnologia da Informação

 

 

História da Família Manoel

 

 

 

MANOEL: Nome português de origem patronímica, filho de Manoel (que significa "Deus está conosco"). Uma tal Maria Manoel (talvez filho de um Manoel), comprovadamente pertencente à família Clemente de Souza nasceu no século 16 na aldeia de Picota (freguesia de Ega). Para chegar a Ega, basta seguir a estrada que de Condeixa conduz a Soure. Do lado esquerdo, levanta-se um pequeno outeiro por onde se estende parte da povoação; é, sensivelmente, a meio desta encosta que se ergue a Igreja Matriz, monumento de inquestionável interesse histórico. A um primeiro olhar, a arquitectura da Igreja evoca a robustez dos edifícios religiosos da Idade Média e a Ordem de Cristo. De origem antiquíssima, a Igreja aparece referenciada em documentos do século XII, devendo obedecer, nessa altura, a um traçado românico ou gótico. É porém novamente edificada em 1521, sob a orientação do arquitecto régio Marcos Pires, responsável pelo labor manuelino que identifica ainda a Igreja, não obstante as sucessivas reformas que têm vindo a contribuir para a sua descaracterização. O acesso à matriz faz-se por uma escadaria; na sua sóbria fachada, inscreve-se um portal manuelino de cantaria lavrada, donde sobressaem o escudo nacional e a Cruz de Cristo. Mas o interior da Igreja desvela, também, outras obras de arte que chegaram até nós: a abóbada estrelada da capela-mor, obra de Diogo de Castilho e que data aproximadamente de 1530; o altar-mor, exibindo um tríptico - mandado pintar em 1543 pelo Comendador D. Afonso de Lencastre - em cujo painel central figura Nossa Senhora da Graça, tendo ajoelhado aos pés, esse mesmo comendador; dois retábulos seiscentistas, com pinturas e imagens de interesse.

Próximo a Ega (entre as aldeias de Arrifana e Peixeiro) encontra-se o lugarejo conhecido como Picota, conforme mostra o mapa abaixo:

O termo "picota" refere-se a uma ferramenta construida antigamente perto de um poço com um pau grosso espetado no chão, no qual era cruzado um pau mais fino (varola) onde era atado na extremidade de maior diâmetro uma pedra para fazer peso. Na outra extremidade era colocado um gancho. Para tirar a água dos poços, as pessoas colocavam o aro do balde no gancho e faziam baixar o balde, depois do balde cheio o contrapeso das pedras fazia-o subir. Possivelmente havia uma picota dentro da aldeia que leva o seu nome. Uma picota é apresentada na foto abaixo:

 

Ancestrais da Família Clemente de Souza:

 

Maria Manoel (nascida em 1580 - Picota - Ega - Portugal) - Esta é uma das ancestrais mais antigas conhecidas da família

A seguir são apresentados as transcrições de alguns registros de batismo, casamento e óbito da Picota-Ega (séculos 16 e 17):

Aos 23 dias de Janeiro do dito ano de 1598 faleceu na picota desta freguesia Maria Domingas mulher de Domingos Simois e não fez testamento. E assinei aqui.

Aos doze de Março de 1600 foi baptizado nesta igreja de N. Sra da Graça da Villa da Ega Maria filha de Domingos Simois o novo da Picota e de Maria Manoel...

Aos 30 de Abril de 1600 baptizei nesta igreja de N. Sra. Da Graça da Villa da Ega a Jorge filho de Domingos Simois e de Maria Manoel da Picota.

A 28 de janeiro de 601 baptizei nesta igreja de N. Sra. Da Graça da Villa da Ega a Manoel filho de Domingos Simois o novo e de sua mulher Joana Roiz da Picota. Padrinhos Jorge Antonio o novo e a filha de Jorge Antonio o Velho da Arrifana.

A 23 de Março da data (1603) baptizei neste lugar Isabel filha de Domingos Simois o novo da Picota e de sua mulher. Compadre ... cunhado. Comadre a mulher de Jorge o Novo da Arrifana. E assinei aqui.

Ao dezenove de Março de 606 baptizei nesta igreja de N. S. da Graça, Domingos filho de Domingos Simois o novo da Picota. Compadre Jorge o novo da Arifana e mulher de Domingos Simois o velho da Picota. E assinei aqui.

A 20 de Septembro de 607 foi baptizado nesta igreja de N. Sra. Da Graça, filho de Domingos Simois o novo da Picota. Forão padrinhos.

Domingos Simois o novo da picota falleceu a dois de Novembro de 607. E não fes testamento. E assinei aqui.

Arrifana e Picota
#Gracia filha de Domingos Simois e de Maria Manoel. Padrinho Manoel
#Gracia filha de Domingos Simois e de Domingas Miguel (ou Marques). Padrinho Joam

Aos dois de Março de 623 faleceo Domingos Simois da Picota. Foi enterrado no adro desta igreja (N. Sra. das Graças da Freguesia de Ega) ... era pobre não fez testamento... e assignei. Nota: O termo "adro" é o nome pelo qual é chamada a área externa, em geral cercada, das igrejas. Por extensão, o nome também pode designar, em arquitectura, aos terrenos margeantes duma construção. Pode, ainda, ser usada como sinônimo de períbolo e átrio. Nas igrejas antigas era comum a existência de cemitérios localizados no adro.

Maria Manoel da picotta viúva faleceo em 637 não fez testamento...

A foto abaixo apresenta as ruínas da casa na aldeia de Picota em que provavelmente viveu Maria Manoel e seu marido Domingos Simois nos anos 1500.

 

Voltar